13.1.09

Que balanço faz do ano 2008?
Foi um ano de mudança radical com a entrada nos "Morangos com Açúcar". Era estudante de Artes, com a rotina da Faculdade, e de repente entro para um mundo completamente diferente, que não conhecia. Já tinha feito cinema aos 10 anos, mas nada se compare. Foi muito positivo este trabalho e esta nova vida.

O curso de Artes Visuais vai ficar de lado?
Vai. Se tiver sucesso como actor, fica mesmo posto de parte.

A família aceitou bem a decisão?
Completamente, eles apoiaram-me sempre em tudo.

Está a pensar fazer formação na área da representação?
A seguir aos "Morangos com Açúcar" estou mesmo a pensar fazer formação em Portugal, Brasil ou Nova Iorque. Onde der!

Como é que lida com o assédio dos fãs na rua?
Sinceramente já nem noto, é normal.

Mas sente que é alvo de muita atenção?

Sim, vou a um shopping ou a outro sítio qualquer e sinto toda a gente a olhar para mim. Ao princípio incomodava-me porque não estava habituado, aliás, ninguém está, mas hoje em dia já encaro com normalidade essa situação. Aquelas pessoas se calhar só nos vêem uma vez, por isso temos de respeitar.

E é mais abordado por crianças ou jovens?
Envolve todas as faixas etárias, desde os mais pequenos, a pessoas da minha idade ou mais velhas.

Como é que se preparou para os "Morangos"?
Já tinha feito cinema quando era mais novo. Mas quando fui seleccionado entrei logo, não tive tempo para fazer o workshop da NBP, apenas tive as semanas de ensaios antes de começarmos a gravar.

Já sente que evoluiu como actor desde o início das gravações?
No início todos estávamos um bocado nervosos, com pouco à-vontade perante as câmaras, preocupados com as marcações... Mas hoje em dia já é normal, flui.

Com quem é que costuma estudar os textos?

Em casa estudava com a minha mãe, mas agora vivo sozinho. Revejo os textos com a Laura Galvão e o Gonçalo Dias, que são os actores com quem contraceno mais.

Agora vive em Lisboa?
Sim. Vir de Azenhas-do-Mar para Vialonga todos os dias era muito cansativo. Agora estou a viver mais perto e sozinho, gosto do meu espaço.

E como está a ser essa experiência?
Ter de passar a ferro e lavar a loiça e a roupa não é fácil, mas tem de ser. Gosto da minha independência.

E nos "Morangos com Açúcar" está tudo a correr como imaginava que seria?
É completamente diferente. Pensava que ia ser difícil mas não tanto, isto em termos de trabalho, porque gravamos muitas horas e não tenho tempo para me divertir. Então decidi divertir-me no plateau, aproveitar as cenas e saborear as palavras que estão no texto. Acho que também é por isso que corre tudo tão bem.

E o ambiente?
O ambiente é óptimo, o elenco é excelente, a equipa técnica também, ajudamo-nos muito uns aos outros, isto é uma escola.

Quais são os seus propósitos para 2009?

Continuar a trabalhar e tentar fazer sempre melhor.


in SapoFama

Retirado do Site: http://mcaserie.blogs.sapo.pt/

link do postPor Muito Mais, às 14:15 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Nosso Facebook Nosso Twitter Feed


arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds